“Mundano é obcecado em revelar, resgatar os citadinos alienados em suas rotinas diárias, é um tapa ardido na cara dos “escravos do trânsito”, dos que não sabem, não vêem e não querem ver. ” André Delia.

Mundano

Ativista da reciclagem, dos direitos humanos, do meio ambiente, dos problemas urbanos e de vários outros temas que pipocam cotidianamente, imprime suas marcas  em São Paulo e no mundo através do graffiti e de ações de engajamento social que  borram as fronteiras das tradicionais intervenções artísticas. Foi com esse espírito que idealizou o Pimp My Carroça, onde conseguiu somar ao upgrade das carroças utilizadas pelos catadores uma ampla frente de atendimentos social, em uma ação de cunho político –  que militou por melhores condições de trabalho e inclusão social, e cultural  – que  inseriu o grafite enquanto expressão promotora de um novo conceito de artivismo. Mundano é antes de tudo um artista, inquieto, determinado e ativo, que também faz curadorias, ilustrações, palestras, além de participações em eventos e outras oportunidades de compartilhamento de conhecimento! Já fez intervenções em São Paulo, Rio de Janeiro, Curitiba, Poços de Caldas, Belém, Salvador, Brasília, Teresina, Alto Xingu, Buenos Aires, Quilmes, Cochabamba, Santiago, Valparaiso, Lima, Nova Iorque, Tóquio, Istambul e sabe que ainda tem muita estrada pela frente!

Amaphiko Fellow 2015

TED Fellow 2014

Vencedor do Prêmio Cidadão São Paulo 2015 na categoria de inclusão social.

Vencedor do Prêmio Brasil Criativo 2014 na categoria de artes visuais

Os vestígios mundanos são facilmente identificados, sejam através de seus personagens autorais e característicos, sejam pelas carroças pimpadas por ele ou por outros artistas.