2015/setembro – Entrevista para rádio CBN

Contra a #CidadeCinza

 

Veja SP:

O grafiteiro Mundano lavou com água e escovão um muro no Largo da Batata, na Zona Oeste, na madrugada desta sexta (20), que havia sido coberto por tinta branca pela Prefeitura de São Paulo. Esta foi a terceira vez que a Prefeitura tentou encobrir a frase que ele havia escrito: “Não dê vexame, São Paulo não é Miami.”

grafite-mundano-doria

Portal Vermelho

Com um escovão e água, o artista retirou parte da tinta branca, deixando à mostra os grafites que antes davam destaque à parede e depois escreveu: “São Paulo não é Miami”, criticando o tom da gestão tucana. “Me engajei no programa #CidadeLinda e fui remover sua maquiagem e assim revelar sua beleza de verdade”, disse Mundano.

grafite105366